Prosa de uma esteticista - com Nathalie Souza

DrenoModeladora, essa técnica funciona?

Nathalie Souza
DrenoModeladora, essa técnica funciona?

A massagem modeladora e a drenagem linfática são técnicas que visam objetivos diferentes e promovem efeitos antagônicos

As associações estéticas devem ser complementares e com o objetivo de potencializar os resultados, quando os métodos se anulam é importante reavaliar o procedimento, objetivo e outras combinações para não ter o resultado do tratamento prejudicado.

Para avaliar melhor se as técnicas são boas juntas é importante falar das características e benefícios particulares.

 

Drenagem Linfática Manual:

É uma técnica utilizada para auxiliar o sistema linfático, uma das principais funções do sistema linfático é recolher líquidos do espaço que possuímos entre as células (interstício), os quais caem durante as trocas metabólicas, ao ser recolhido pelo sistema linfático ele é chamado de linfa, passa a circular pelo sistema linfático e é filtrado pelos linfonodos.

O sistema linfático é lento, antigravitacional- de baixo para cima- e por esse motivo eles possuem válvulas para impedir o retorno da linfa. A contração dos músculos, o pulsar das artérias, tudo para favorece o fluxo da linfa, fazendo com que ela seja impulsionada para cima , não fique acumulado e consiga chegar ao seu destino, que são os ductos torácico e ducto linfático direito.

Tudo que foi perdido nas trocas metabólicas retornará ao sistema circulatório, através do sistema linfático.

Havendo algum problema nos vasos linfáticos o líquido se acumula, formando o edema.

Dito tudo isso vamos retornar a drenagem linfática manual…

Com a drenagem linfática manual iremos auxiliar esse sistema, descongestionando os locias que estiverem congestionado, fazendo com que esse sistema flua de uma forma melhor, melhorando edema, circulação, eliminando toxinas

Por ser um sistema lento, os movimentos manuais também o são, além de serem ritmados e suaves, a pressão deve ser leve (por esse motivo na drenagem ninguém sai roxa!!) e a direção acompanha a circulação sanguínea e linfática, ou seja é antigravitacional.

Com toda essa explicação quebra-se outro mito, a drenagem linfática não emagrece, pois não se mexe no tecido adiposo, porém pode notar uma diferença na perimetria por favorecer a eliminação do líquido acumulado.


Massagem modeladora: 

É uma massagem realizada com movimentos mais intensos e profundos, com o intuito de atingir camadas mais profundas, com tudo não se deve deixar a cliente com hematomas, roxa!

Nessa técnica utiliza-se movimentos repetitivos e rápidos, ajudando na remodelação corporal e melhora a circulação sanguínea, porém não quebra a molécula de gordura e nem os adipócitos.

É utilizado cremes com ativos especificos, como os lipolíticos, já que essa massagem provoca uma vasodilatação e com isso uma melhor permeação dos ativos.

Portanto, é uma técnica que aumenta a circulação sanguínea, promove hiperemia cutânea, elevação da temperatura da pele e melhora do metabolismo local.

Entanto a drenagem linfática manual é direcionada para retenção de líquido, a modeladora é para estimular a circulação, metabolismo e coadjuvante no tratamento da adiposidade localizada.

Uma vez que a drenagem diminui a retenção de líquido, a modeladora aumenta por promover vasodilatação. Enquando a drenagem ativa o sistema parassimpático a modeladora ativa o simpático, os quais tem efeitos completamente diferentes, o que favorece para a anulação uma da outra.

As duas técnicas são excelentes e eficazes, quando feitas separadamente. Se aconselha fazê-las em dias diferentes, para que ambas consigam ser efetivas. 

 

Segue abaixo um vídeo para que entenda mais sobre as indicações e objetivos da massagem modeladora:

 

Nathalie Souza

-> Para mim é super importante saber o que achou do conteúdo, por isso peço para dizer abaixo o que achou, se o conteúdo foi útil e em caso de dúvidas, coloca aí nos comentários, terei o maior prazer em te ajudar!

Estética Corporal

Deixe seu comentário