Prosa de uma esteticista - com Nathalie Souza

Fatores de crescimento, vamos entender mais??

Nathalie Souza
Fatores de crescimento, vamos entender mais??

Os fatores de crescimento são proteínas, produzidas naturalmente pelas células, reguladoras que medeiam as vias de sinalização entre as células e no interior delas, fenômeno conhecido como “ comunicação celular”. Normalmente as células produzem a quantidade correta afim de garantir o estimulo de todas as células e assim o funcionamento do tecido, porém uma patologia ou envelhecimento podem prejudicar essa homeostasia.

Apesar de se tratarem de uma macromolécula estudos mostram grandes resultados da sua utilização, e conseguem penetrar através dos folículos pilosos, glândulas sudoríparas ou pele comprometida, por isso sua utilização com o microagulhamento, aproveitando o Drug delivery é recomendado.

Não é relatado risco da utilização tópica dos fatores de crescimento, a não ser uma possível alergia. Porém existe a preocupação teórica sobre possibilidade de fatores de crescimento, como VEGF, estimularem o desenvolvimento de melanomas, devido ao comportamento dos fatores nas células tumorais. Necessita de mais estudos sobre essa teoria.

Indicação: Microagulhamento, rejuvenescimento, discromias, cicatrização.

Abaixo alguns fatores utilizados na cosmetologia e seu mecanismo de ação:

 

EGF (Fator de Crescimento Epidermal) Ação reepitelizante, estimula a diferenciação de queratinócitos. Diminui a pigmentação da pele em decorrência de processo inflamatório. Acelera a renovação celular (Turnover). bFGF (Fator de Crescimento Fibroblástico Básico) Importante sinalizador para fibroblasto na síntese de matriz extra celular de boa qualidade, especialmente glicosaminoglicanas.

TGFß3 (Fator de Crescimento Transformador) Atua em sinergismo com o Fator de Crescimento Fibrobástico Básico no estímulo da produção de matriz extra celular. Principal sinalizador para fibroblasto na síntese e maturação de colágeno.

IGF (Fator de Crescimento Insulínico) Potente citocina eutrófica, acelera a remodelação do tecido na formação de tecido de granulação saudável. Preventivo de quelóides.

NANOFACTOR® C (Decapeptideo 4, Ascorbyl Phosphate Sodium) Vitamina C estabilizada em nanolipossoma associada de PEPTÍDEO BIOIDÊNTICO® (fração ativa e concentrada do Fator de Crescimento Insulínico). Ação antioxidante simultânea a ação eutrófica e síntese de macromoléculas de sustentação da derme.

IDP-2 PEPTÍDEO ® (Decapeptídeo 4) Fração ativa e concentrada do Fator de Crescimento Insulínico (PEPTÍDEO BIOIDÊNTICO® ). Potente cicatrizante e eutrófico. Especialmente indicado no pós procedimento imediato.

Concentração de uso dos fatores relatados acima: 0,5 – 1,0% (em associação) 3% (uso isolado)

 

TGP-2 PEPTÍDEO® (Oligopeptídeo 34) Citocina com propriedade despigmentante potente, considerado DESPIGMENTANTE BIOIDÊNTICO. Seguro para todos os fototipos de pele. Não é fotossensibilizante. 2,0 – 5,0%

LIPOXYN® (Tripeptídeo 41) Citocina derivada do Fator de Crescimento Transformador, forte indutor da lipólise com ação anti lipogênica. Indicada no tratamento da celulite e gordura localizada. 4,0 – 7,0%

 

Grande aliado nos tratamentos estéticos principalmente cicatriz e rejuvenescimento, obtendo excelentes resultados.

 

 

Referência: Tratado internacional de cosmecêuticos – Adilson costa

PharmaSpecial
Imagem:http://www.celulastroncobrasil.com.br/Novidades/Novidade/O-que-e-aplicacao-de-Plasma-Rico-em-Plaquetas-(PRP)-na-dor/21

Cosmetologia

Deixe seu comentário