Prosa de uma esteticista - com Nathalie Souza

Microagulhamento e a hipercromia, qual verdadeiro objetivo?

Nathalie Souza
Microagulhamento e a hipercromia, qual verdadeiro objetivo?

O microagulhamento é um tratamento estético que vem tendo uma procura muito grande ultimamente, com resultados fantásticos é utilizado em muitas disfunções estéticas. Porém uma boa avaliação e base cientifica de qual procedimento irá utilizar é de suma importância para um bom resultado e não se deixar levar pelo modismo.

Por isso algumas definições se fazem necessário: 

 Segundo Klayn, 2012, a técnica de microagulhamento tem como objetivo estimular a produção de colágeno por meio de perfurações cutâneas que causam um processo inflamatório, com isso, são liberados fatores de crescimento, que favorecem a proliferação celular, em especial os fibroblastos, e consequentemente, a síntese das proteínas de sustentação.

 

A hipercromia é caracterizada pelo aumento de produção de melanina pelos melanócitos. A melanina constitui um polímero protéico originado da oxidação da tirosina pela tirosinase para L-DOPA nos melanócitos (Fitzpatrick, T. B., Mosher, D. B. 1983). 

 

Com essas informações pode-se perceber que a técnica em si não tem relação com a hipercromia, ou seja, o mecanismo de ação do microagulhamento não favorece a melhora da hipercromia, pois ele não age no processo de melanogênese.

 

Porém existe um mecanismo proporcionado pelo microagulhamento chamado Drug Delivery, onde microcanais são abertos facilitando assim a permeação de ativos. Tomando como base essas informações, muitos profissionais utilizam despigmentantes associado a técnica para tratar assim as hipercromias.

 

Os tratamentos estéticos dispostos no mercado, quando bem observado, é notório que eles tendem a ter mais resultado para uma disfunção do que outra. O ponto forte do microagulhamento são as disfunções que necessitam de nova formação de colágeno, com isso vale enfatizar que para hipercromia temos tratamentos mais eficientes, e que caso opte pelo microagulhamento o comprimento de agulha mais recomendado são os que proporcionam apenas o Drug delivery, que são as agulhas de 0,2 a 0,3mm. Vale lembrar que para tratar hipercromia quanto menos agressivo for o procedimento melhor, pois os melanócitos são sensíveis, então a qualquer sinal de perigo ele pode reagir e ocasionar um efeito rebote. 

 

Nathalie Souza

 

Imagem retirada do google.

Estética Facial

Deixe seu comentário